Chá de marcela: 11 benefícios e como fazer

Setembro 2021

O chá de marcela ou chá de macela, preparado com a planta medicinal Achyrocline satureioides, é rico em substâncias com propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, antiespasmódica, diuréticas e calmantes, sendo indicado para tratar vários problemas de saúde como dor de estômago, cólicas intestinais, ansiedade, insônia, gripes ou resfriados, ou retenção de líquidos, por exemplo. 

A parte normalmente utilizada da marcela são as flores de onde são extraídas as substâncias ativas, como flavonóides, compostos fenólicos ou polifenóis, responsáveis pelas propriedades medicinais dessa planta.

A marcela pode ser comprada em supermercados, lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e em algumas feiras livres, na forma de flores secas ou saquinho para o preparo do chá, e deve ser usada com orientação de um médico ou outro profissional de saúde que tenha experiência com o uso de plantas medicinais.

Chá de marcela: 11 benefícios e como fazer

Principais benefícios

A marcela possui propriedades antiespasmódica, digestiva, antioxidante, anti-inflamatória, antibacteriana, calmante, hipocolesterolêmica, imunomoduladora e hepatoprotetora, e por isso, garante diversos benefícios para a saúde, podendo ser usada para:

  1. Azia, dor de estômago, gastrite ou úlcera;
  2. Cálculo biliar;
  3. Dor de cabeça;
  4. Cólicas intestinais;
  5. Diarreia;
  6. Impotência sexual;
  7. Insônia;
  8. Gripe ou resfriado;
  9. Retenção de líquidos;
  10. Colesterol alto;
  11. Cistite, nefrite e colecistite.

Além disso, a marcela possui propriedades antivirais que podem auxiliar o tratamento da herpes simples tipo 1.

Como fazer o chá de marcela

O chá de marcela deve ser preparado usando suas folhas secas de onde são extraídas as substâncias ativas que conferem as propriedades medicinais.

Ingredientes

  • 10 g de flores secas de marcela;  
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar as flores secas de marcela na água fervente, deixar repousar por 10 minutos, coar e beber de 3 a 4 vezes ao dia.

Outra forma de usar a macela para obter seus benefícios é na forma de tintura, extrato seco e óleo que podem ser encontrados em lojas de produtos naturais. 

Possíveis efeitos colaterais 

Os efeitos colaterais da macela ainda não são conhecidos, por isso, o seu uso deve ser feito somente com orientação médica ou de um profissional de saúde com experiência em plantas medicinais.

Quem não deve usar

A macela não deve ser usada durante a gravidez porque estimula a contração uterina e o sangramento vaginal.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • RETTA, Daiana; et al. Marcela, a promising medicinal and aromatic plant from Latin America: A review. Industrial Crops and Products. 38. 1; 27–38, 2012
  • PETROVICK, Gustavo F.; et al. Achyrocline satureioides (Lam.) DC., Asteraceae: development of granules from spray dried powder. Rev. bras. farmacogn. 20. 5; 803-811, 2010
  • SIQUEIRA, I. R.; SIMÔES, C. M. O.; BASSANI, V. L. Achyrocline satureioides (Lam.) D.C. as a potential approach for management of viral respiratory infections. Phytother Res. 35. 1; 3-5, 2021
Mais sobre este assunto: