Transtorno de ansiedade generalizada: sintomas, causas e tratamento

O transtorno de ansiedade generalizada, também chamado de TAG, é um transtorno psicológico em que há preocupação excessiva no dia a dia, o que pode levar o surgimento de outros sintomas psicológicos e físicos, como irritabilidade, inquietação, alterações cardíacas e respiratórias, cansaço, boca seca, suor excessivo e dificuldade de concentração, por exemplo.

O tratamento do transtorno de ansiedade generalizada tem como objetivo interromper o ciclo de preocupações e deve ser orientado por um psicólogo ou psiquiatra, podendo ser recomendado a realização de técnicas de relaxamento ou o uso de medicamentos, dependendo do grau do transtorno.

Transtorno de ansiedade generalizada: sintomas, causas e tratamento

Sintomas da ansiedade generalizada

O transtorno de ansiedade generalizada pode levar ao desenvolvimento de sintomas que duram pelo menos 6 meses, podendo ser físicos ou psicológicos, sendo os principais:

  • Preocupação excessiva;
  • Perda de memória;
  • Inquietação;
  • Dor muscular;
  • Visão dupla;
  • Alterações cardíacas;
  • Aumento da frequência respiratória;
  • Suor excessiva;
  • Boca seca;
  • Cansaço;
  • Dificuldade de concentração;
  • Insônia;
  • Irritabilidade.

É recomendado que, na presença desses sintomas, o psicólogo seja consultado, pois assim é possível que seja iniciado o tratamento mais adequado, ajudando a aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida da pessoa.

Teste de sintomas

Para saber a possibilidade de ter TAG, selecione os sintomas apresentados no teste a seguir:

  1. 1. Sentiu-se nervoso, ansioso ou no limite?
  2. 2. Sentiu que ficava cansado facilmente?
  3. 3. Teve dificuldade em adormecer ou permanecer a dormir?
  4. 4. Teve dificuldade em parar de se sentir preocupado?
  5. 5. Teve dificuldade em relaxar?
  6. 6. Sentiu-se tão preocupado que foi difícil ficar parado?
  7. 7. Sentiu-se facilmente irritável ou chateado?
  8. 8. Sentiu medo como se algo muito mau fosse acontecer?
Imagem que indica que o site está carregando

Causas da ansiedade generalizada

As causas do transtorno de ansiedade generalizado não estão totalmente esclarecida, no entanto existem fatores genéticos, ambientais e relacionados com neurotransmissores que podem estar envolvidos no desenvolvimento dos sinais e sintomas desse transtorno.

Pessoas que possuem vida muito agitada, que estão sob estresse contínuo ou que tendem a prestar muita atenção nos mínimos detalhes são mais propensas a desenvolver o transtorno. Além disso, algumas condições genéticas podem aumentar a chance da pessoa desenvolver esse distúrbio psicológico.

O transtorno da ansiedade generalizada pode se manifestar em diversas idades, podendo afetar inclusive a capacidade de realizar as atividades do dia a dia e o relacionado com a família e amigos, por exemplo, sendo importante que o tratamento adequado seja iniciado.

Como é feito o tratamento

O tratamento do transtorno de ansiedade generalizada deve ser feito sob a orientação do psicólogo ou psiquiatra, e tem como objetivo interromper o ciclo de preocupações excessivas e promover a melhoria da qualidade de vida.

O modelo comportamental baseado na aceitação é uma ótima forma de tratamento que pode ser implementado pelo psicólogo e caso os sintomas demonstrados pelo paciente sejam pontuais, podem ser recomendadas sessões de terapia e atividades que promovam o relaxamento, como meditação, yoga, mindfulness e a prática de atividades físicas.

No entanto, quando os sintomas são mais frequentes e passam a atrapalhar o dia-a-dia e a interferir na qualidade de vida, pode ser necessário a toma de remédios ansiolíticos ou antidepressivos, que devem ser utilizados de acordo com a orientação médica. Além disso, é muito importante que a pessoa continue a frequentar as sessões de terapia mesmo que se sinta melhor após começar a tomar o medicamento. Saiba como é feito o tratamento para a ansiedade.

Ansiedade generalizada tem cura?

O transtorno da ansiedade generalizada tem cura e, por isso, é importante que a pessoa busque ajuda psicológica assim que perceber que está preocupado demais com coisas pequenas, por exemplo. A terapia é muito importante nesses casos, já que permite que a pessoa compartilhe seus problemas com o terapeuta e aprende a dar menos valor a pequenas coisas.

Veja também como aliviar os sintomas da ansiedade através do seguinte vídeo:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • BARLOW, DAVID H. Manual clínico dos transtornos psicológicos: Tratamento passo a passo. 5.ed. Porto Alegre: Artmed, 2016. 206-217.
Mais sobre este assunto: