9 benefícios do mamão para a saúde e como consumir

O mamão é uma fruta saborosa e saudável, rica em fibras, água, licopeno, vitamina A, vitamina E e vitamina C, nutrientes que ajudam a manter o bom funcionamento do intestino, no controle da fome e na prevenção de doenças, como câncer de pele e intestino.

Além da fruta, é possível também consumir as folhas do mamão em forma de chá, já que são ricas em compostos fenólicos, saponinas e antocianinas que exercem propriedades antioxidantes. As sementes do mamão também podem ser consumidas, pois são fontes de fibras e ainda podem ter efeito anti-helmíntico, ajudando a eliminar parasitas intestinais.

9 benefícios do mamão para a saúde e como consumir

Os principais benefícios que podem ser obtidos com o consumo do mamão são:

  1. Melhorar o trânsito intestinal, por ser rico em fibras e em água que hidratam e aumentam o volume das fezes, facilitando a sua saída e ajudando a combater a prisão de ventre;
  2. Facilitar a digestão, pois contém papaína, uma enzima que ajuda a digerir as proteínas das carnes;
  3. Diminuir os níveis colesterol e triglicerídeos no sangue, pois o fruto é rico em fibras e as folhas são ótimas fontes de antioxidantes que, juntos, ajudam a eliminar e diminuir a absorção de gordura no organismo;
  4. Manter a saúde da visão, pois é rico em vitamina A, um nutriente que ajuda a prevenir a cegueira noturna e atrasar os danos da visão relacionados com a idade;
  5. Fortalecer o sistema imunológico, pois tem boas quantidades de vitamina C, vitamina A, vitamina E e antioxidantes que aumentam as defesas do organismo;
  6. Ajudar a manter a saúde do sistema nervoso, já que possui vitaminas do complexo B e vitamina E, prevenindo doenças como Alzheimer e demência;
  7. Ajudar na perda de peso, pois o mamão possui poucas calorias, além de ser rico em fibras e água, o que aumenta a sensação de saciedade. Conheça outras frutas que ajudam a perder peso;
  8. Prevenir o envelhecimento precoce, pois possui betacarotenos que têm ação antioxidante e evitam os danos causados pelos radicais livres na pele. Além disso, a presença de vitamina E, vitamina C e vitamina A aumenta a firmeza da pele, evitando a flacidez.
  9. Desintoxicar o organismo, pois contém antioxidantes importantes para promover a eliminação das toxinas pelo fígado.

Além disso, devido à presença de antioxidantes e alto teor de fibras, o mamão ajuda a prevenir o aparecimento de outras doenças crônicas, como o câncer, diabetes e problemas cardíacos.

É seguro comer as sementes do mamão?

Por apresentarem inúmeras propriedades benéficas e nenhuma contra indicação, é seguro comer as sementes do mamão, que podem ser consumidas junto com a polpa da fruta ou adicionadas a saladas e sucos, por exemplo.

As sementes de mamão são ricas em fibras, que ajudam a evitar a prisão de ventre e a controlar a fome, importante durante as dietas para perda de peso. Além disso, as sementes ainda têm boas quantidades de vitaminas e antioxidantes, ajudando a prevenir doenças, como câncer e doenças cardiovasculares.

Por conter isotiocianato de benzila, um componente que tem potente ação anti-helmíntica, as sementes do mamão também podem ser usadas para ajudar no combate aos vermes intestinais.  

Informação nutricional do mamão

A tabela a seguir traz a informação nutricional para 100 g de mamão:

Componentes

100 g de mamão

Energia

45 Kcal

Carboidratos

9,1 g

Proteína

0,6 g

Gorduras

0,1 g

Fibras

2,3 g

Magnésio

24 mg

Potássio

210 mg

Vitamina A

135 mcg

Carotenos

810 mcg

Vitamina E

1,5 mg

Ácido fólico

1 mcg

Vitamina C

68 mg

Cálcio

21 mg

Fósforo

16 mg

Magnésio

24 mg

Ferro

0,4 mg

É importante ressaltar que, para se ter todos os benefícios do mamão, é importante que a fruta seja consumida junto com uma dieta equilibrada.

Como consumir

O mamão pode ser consumido fresco, desidratado ou na forma de sucos, vitaminas e salada de frutas, podendo inclusive ser oferecido em pequenas porções para os bebês para melhorar e evitar a prisão de ventre.

A quantidade recomendada é de 1 fatia média de mamão por dia, o que equivale a cerca de 170 gramas. Uma excelente forma de conservar o mamão é deixando na geladeira ou congelado em pequenas porções.

1. Chá de folha de mamoeiro

9 benefícios do mamão para a saúde e como consumir

Ingredientes: 

  • 1 colher de sopa de folhas secas ou frescas de mamoeiro;
  • 1 xícara de água.

Modo de preparo:

Lavar as folhas do mamoeiro, caso utilize as frescas. Em uma panela, ferver a água. Adicionar as folhas do mamoeiro e apagar imediatamente o fogo. Deixar em infusão por 5 a 10 minutos e coar. Aguardar amornar e beber em seguida.

2. Mamão com granola

Esta receita pode ser utilizada no café da manhã ou lanche da tarde, sendo uma ótima opção para ajudar no funcionamento do intestino.

Ingredientes:

  • 1/2 mamão papaia picado;
  • 4 colheres de sopa de granola;
  • 4 colheres de sopa de iogurte natural;
  • 2 colheres de sopa de queijo cottage.

Modo de preparo:

Em uma taça, colocar o iogurte natural na base. Em seguida, adicionar metade do mamão, cobrindo com 2 colheres de sopa de granola. Adicionar o queijo por cima, o restante do mamão e, por último, as outras 2 colheres de granola. Servir gelado.

3. Muffin saudável de mamão

Esses muffins são ótimas opções para usar o mamão de uma forma inovadora e saborosa, que pode servir também como lanche para as crianças.

Ingredientes:

  • 1/2 mamão papaia amassado;
  • 1/4 de xícara de leite;
  • 1 colher de sopa de manteiga sem sal derretida;
  • 1 ovo;
  • 1 xícara de farinha de trigo integral ou aveia em flocos finos;
  • 2 colheres de sopa de açúcar mascavo;
  • 1 colher de chá de fermento químico em pó;
  • 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio.

Modo de preparo:

Pré-aquecer o forno a 180°C e preparar as forminhas de muffin. Em uma tigela, misturar a farinha de trigo ou de aveia, o açúcar, o fermento e o bicarbonato de sódio. Em outra tigela, juntar o mamão amassado, a manteiga derretida, o ovo e o leite, misturando tudo. Adicionar esse líquido à mistura de farinha, misturando delicadamente com uma colher ou garfo. Colocar a mistura nas forminhas untadas e levar para assar por cerca de 20 minutos ou até ficar dourado, em forno preaquecido a 180ºC.

Contraindicações

O mamão verde deve ser evitado por mulheres grávidas, pois alguns estudos indicam que o  látex, presente no fruto verde, poderia causar contrações uterinas e provocar aborto. No entanto, ainda são necessários mais estudos que comprovem esse efeito.

Esta informação foi útil?
Atualizado por Karla S. Leal, Nutricionista - em Julho de 2021. Revisão clínica por Marília Pinheiro, Nutricionista - em Dezembro de 2020.

Bibliografia

  • U.S DEPARTMENT OF AGRICULTURE: FOOD DATA CENTRAL. Papayas, raw. Disponível em: <https://fdc.nal.usda.gov/fdc-app.html#/food-details/169926/nutrients>. Acesso em 22 Out 2020
  • ADEBIYI Adebowale et al. Papaya (Carica papaya) consumption is unsafe in pregnancy: fact or fable? Scientific evaluation of a common belief in some parts of Asia using a rat model. British Journal of Nutrition. 88. 2; 199-203, 2002
  • PLATAFORMA PORTUGUESA DE INFORMAÇÃO ALIMENTAR . Composição de Alimentos: Papaia. Disponível em: <http://portfir.insa.pt/foodcomp/food?19526>. Acesso em 22 Out 2020
  • SUMANTH Meera et al. Effect of unripe carica papaya on uterus. International Journal of research in ayurveda & pharmacy. 4. 3; 345-348, 2013
  • SANTANA Lidiani et al. Nutraceutical Potential of Carica papaya in Metabolic Syndrome. Nutrients. 11. 1-19, 2019
  • SANTOS, M, Claudia. Caracterização e utilização de de subrodutos do mamão (Carica papayaL.). Tese de conclusão de curso, 2015. Universidade Federal de Lavras.
  • MAIA, F, Mariana . Propriedades biológicas das sementes da papaia (Carica papaya L.): Valorização de um resíduo alimentar. Tese de conclusão de curso, 2017. Universidade Fernando Pessoa.
  • KUMAR, S, Neethu; DEVI, Sreeja. The surprising health benefits of papaya seeds: A review. Journal of Pharmacognosy and Phytochemistry . Vol.6. 1.ed; 424-429, 2017
  • EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Caracterização física de frutos de mamão e química das cascas e sementes. 2010. Disponível em: <https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/75815/1/bolpd-263.pdf>. Acesso em 19 Jul 2021
Mais sobre este assunto: