5 pomadas para candidiase (e como usar)

As pomadas para candidíase possuem substâncias com ação antifúngica, que agem inibindo o crescimento e a multiplicação do fungo causador da candidíase, ajudando a aliviar os sintomas de irritação, coceira, vermelhidão, inchaço ou corrimento.

A candidíase é uma infecção causada pela proliferação excessiva do fungo Candida albicans, principalmente na região genital, e pode afetar mulheres ou homens de qualquer idade. Saiba como identificar os sintomas da candidíase.

As pomadas para candidíase podem ser compradas em farmácias ou drogarias e geralmente são vendidas sem receita médica para uso adulto. No entanto, é importante consultar um ginecologista ou urologista para avaliar se existe outro tipo de infecção que esteja causando os sintomas e se é necessária alguma outra pomada ou tratamento específico.

5 pomadas para candidiase (e como usar)

Pomadas vaginais para candidíase

As pomadas vaginais para candidíase devem ser indicadas pelo ginecologista, respeitando suas orientações em relação ao tempo de uso. A pomada deve ser aplicada em toda a região genital externa e também no interior da vagina, mesmo após surgir melhora dos sintomas, até ao final do período indicado pelo médico.

As pomadas não devem ser usadas durante a gravidez ou amamentação, a não ser que tenham sido indicadas pelo ginecologista.

As principais pomadas vaginais usadas para tratar candidíase vaginal são:

1. Clotrimazol

A pomada vaginal de clotrimazol age inibindo o crescimento da Candida albicans, aliviando os sintomas de coceira, vermelhidão e corrimento na região genital.

Essa pomada pode ser encontrada com o nome comercial Gino-canesten creme vaginal ou com o nome genérico Clotrimazol, contendo 3 ou 6 aplicadores vaginais.  

Como usar: aplicar a pomada vaginal de clotrimazol 1 vez por dia, de preferência à noite, durante 3 ou 6 dias, conforme orientação médica. Essa pomada deve ser aplicada profundamente no canal vaginal, utilizando o aplicador fornecido na embalagem e não deve ser usada durante a menstruação. Além disso, é recomendado evitar relação sexual durante o tratamento, pois a candidíase pode ser transmitida ao parceiro e o creme vaginal de clotrimazol pode reduzir a eficácia do preservativo ou diafragma. Veja outras formas de utilizar o clotrimazol para candidíase.

2. Nistatina

A pomada vaginal de nistatina impede o crescimento e a multiplicação da Candida albicans, aliviando os sintomas da candidíase vaginal.

Essa pomada pode ser encontrada em farmácias ou drogarias com o nome comercial Micostatin ou na forma de genérico como Nistatina, contendo 10 ou 14 aplicadores vaginais.

Como usar: utilizar a pomada de nistatina 1 vez por dia, de preferência à noite, durante 10 a 14 dias, conforme indicação médica. A pomada deve ser aplicada profundamente no canal vaginal, utilizando o aplicador fornecido na embalagem e o seu uso não deve ser interrompido durante a menstruação. Caso os sintomas não desapareçam em 14 dias, deve-se retornar ao médico. 

3. Miconazol

A pomada miconazol ajuda a aliviar os sintomas de coceira, vermelhidão ou corrimento causados pela candidíase vaginal, pois age eliminando a Candida albicans da região genital, podendo também ser usado para candidíase anal.

Essa pomada pode ser encontrada na forma de genérico como Nitrato de miconazol, contendo 14 aplicadores vaginais.

Como usar: aplicar a pomada vaginal de miconazol, 1 vez ao dia, de preferência à noite, durante 14 dias seguidos. Utilizar o aplicador fornecido na embalagem para aplicar a pomada o mais profundamente possível no canal vaginal. 

4. Tioconazol + tinidazol

A pomada vaginal de tioconazol e tinidazol é indicada para o tratamento da candidíase ou outras infecções vaginais como tricomoníase ou gardnerella.

Essa pomada pode ser encontrada na forma de genérico como Tioconazol + Tinidazol, em embalagens contendo 7 aplicadores vaginais.

Como usar: aplicar a pomada profundamente no canal vaginal, utilizando o aplicador, 1 vez ao dia, à noite, durante 7 dias, de preferência fora do período menstrual. Em alguns casos, o médico pode recomendar o uso da pomada 2 vezes ao dia, durante 3 dias. 

5. Isoconazol

A pomada vaginal de isoconazol age eliminando o fungo causador da candidíase, ajudando a aliviar os sintomas de coceira, vermelhidão ou corrimento vaginal.

Essa pomada pode ser encontrada com os nomes comerciais Gyno-Icaden ou Gynoplus, ou na forma de genérico como Nitrato de isoconazol, contendo 7 aplicadores vaginais.

Como usar: aplicar a pomada vaginal de isoconazol, o mais profundamente na vagina, utilizando o aplicador, 1 vez ao dia, de preferência à noite, durante 7 dias seguidos. Essa pomada pode reduzir a eficácia do preservativo ou diafragma, podendo não ser eficaz na prevenção de gravidez ou proteção contra doenças sexualmente transmissíveis.

Pomadas para candidíase masculina

As pomadas para candidíase masculina não precisam de aplicador, mas podem ter na sua composição as mesmas substâncias que aqueles que são utilizados pela mulher, como clotrimazol, nistatina ou miconazol.

Essas pomadas devem ser indicadas pelo urologista, sendo geralmente recomendado aplicar a pomada na glande e no prepúcio 2 a 3 vezes por dia por até 3 semanas, mesmo que os sintomas tenham desaparecido.

Além disso, também pode ser indicado pelo médico o uso do fluconazol comprimido em dose única. Confira outras as opções de tratamento para a candidíase masculina.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer durante o tratamento com as pomadas para candidíase são vermelhidão, inchaço, ardência, hemorragia ou coceira vaginal ou dor abdominal.

Quem não deve usar

As pomadas para candidíase não devem ser usadas por crianças, por mulheres grávidas ou em amamentação. 

Essas pomadas também não devem ser usadas por pessoas que têm alergia aos antifúngicos como clotrimazol, miconazol, tioconazol, tinidazol, nistatina, isoconazol, fluconazol ou itraconazol, por exemplo. Além disso, a pomada vaginal de clotrimazol não deve ser usada por mulheres que têm alergia ao álcool cetoestearílico. 

As pomadas para candidíase não são indicadas para mulheres que apresentam sintomas como febre, dor abdominal ou nas costas, náusea ou corrimento com mau odor ou hemorragia vaginal. Nesses casos, deve-se consultar o ginecologista.

Cuidados durante o tratamento

Alguns cuidados no tratamento com as pomadas para candidíase incluem:

  • Lavar e secar as mãos e a região íntima, removendo vestígios da pomada aplicada anteriormente;
  • Ter boa higiene corporal, mantendo a região íntima bem seca;
  • Utilizar roupa de algodão pouco apertada;
  • Beber bastantes líquidos;
  • Evitar o consumo de álcool, açúcar e alimentos gordurosos.

Além disso, no caso da candidíase feminina, não se deve utilizar absorventes internos, duchas vaginais ou espermicidas durante o tratamento.

Como curar a candidíase mais rápido

Algumas medidas simples como fazer uma alimentação pobre em açúcar para ajudar o organismo a combater mais facilmente o crescimento dos fungos ou utilização de probióticos, podem ajudar a curar a candidíase mais rápido, auxiliando no tratamento recomendado pelo médico, ou evitando que a candidíase volte.

Assista o vídeo com a nutricionista Tatiana Zanin com outras opções para curar a candidíase mais rápido e como evitar que ela volte:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • DOVINIK, A.; et al. Treatment of vulvovaginal candidiasis: a review of the literature. Acta Dermatovenerol Alp Pannonica Adriat. 24. 1; 5-7, 2015
  • LÍRIO, J.; et al. Antifungal (oral and vaginal) therapy for recurrent vulvovaginal candidiasis: a systematic review protocol. BMJ Open. 9. 5; e027489, 2019
  • SOBEL, J. D.; SOBEL, R. Current treatment options for vulvovaginal candidiasis caused by azole-resistant Candida species. Expert Opin Pharmacother. 19. 9; 971-977, 2018
  • EMS. Nitrato de Miconazol creme vaginal. Disponível em: <https://www.ems.com.br/arquivos/produtos/bulas/bula_nitrato_de_miconazol_10478_1273.pdf>. Acesso em 17 Ago 2021
  • DRUGS.COM. Nystatin topical. 2020. Disponível em: <https://www.drugs.com/mtm/nystatin-topical.html>. Acesso em 17 Ago 2021
  • DRUGS.COM. Clotrimazole topical. 2021. Disponível em: <https://www.drugs.com/mtm/clotrimazole-topical.html>. Acesso em 17 Ago 2021
  • EMS. Tioconazol + Tinidazol. Disponível em: <https://www.ems.com.br/arquivos/produtos/bulas/bula_tioconazol_tinidazol_10217_1325.pdf>. Acesso em 17 Ago 2021
Mais sobre este assunto: