Reumatismo: o que é, sintomas, tipos, causas e tratamento

O reumatismo, também chamado de doença reumática, é um conjunto de mais de 100 doenças que atinge os músculos, ligamentos, tendões, ossos ou articulações, mas também podem afetar o coração, os rins ou o sangue. Geralmente, ocorrem por uma condição inflamatória e, em alguns casos autoimune, em que o sistema imunológico produz anticorpos que atacam as células saudáveis do corpo.

Os tipos mais comuns de reumatismo são artrite reumatóide, artrose, bursite, febre reumática, lúpus, fibromialgia, gota, tendinite ou espondilite anquilosante, por exemplo, causando sintomas como dor, inchaço ou rigidez na articulação ou no membro afetado.

O reumatismo não acontece apenas em idosos, mas também em crianças, no entanto a chance de desenvolver qualquer tipo de reumatismo aumenta conforme a idade. Assim, é mais comum que pessoas mais velhas apresentem qualquer tipo de reumatismo, sendo importante consultar o reumatologista para que seja identificado o tipo e iniciar o tratamento mais adequado.

Reumatismo: o que é, sintomas, tipos, causas e tratamento

Principais sintomas

Os sintomas de reumatismo variam de acordo com o tipo a doença, e podem incluir:

  • Dor ou rigidez nas articulações;
  • Vermelhidão, calor ou inchaço na articulação ou no membro afetado;
  • Dor no membro afetado;
  • Dificuldade em realizar movimentos;
  • Falta de força muscular;
  • Cansaço excessivo.

Os sintomas podem surgir a qualquer hora do dia, mas são mais comuns ao acordar e tendem a melhorar com o calor.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico do reumatismo é feito pelo reumatologista através do exame clínico e avaliação dos sintomas, além de exames de sangue, como marcadores de inflamação ou anticorpos, para ajudar a identificar o tipo de reumatismo e as funções dos órgãos.

Além disso, o médico pode ainda solicitar exames de imagem como raio X, ressonância magnética, tomografia computadorizada e ultrassom da articulação, ossos ou membro afetado.

Tipos de reumatismo

O reumatismo é um conjunto de doenças que podem afetar músculos, ligamentos, tendões, ossos ou articulações, além de outros órgãos, sendo que os principais tipos são:

  • Espondilite anquilosante;
  • Artrite reumatóide;
  • Artrite juvenil idiopática;
  • Artrite infecciosa;
  • Artrite psoriásica;
  • Gota;
  • Osteoartrite;
  • Bursite;
  • Tendinite;
  • Fibromialgia;
  • Polimialgia reumática;
  • Polimiosite;
  • Esclerodermia;
  • Síndrome de Sjogren;
  • Lúpus eritematoso sistêmico.

É importante que essas doenças sejam sempre avaliadas pelo médico para que seja feito o tratamento mais adequado.

Possíveis causas

As causas da maioria dos tipos de reumatismo ainda não são completamente conhecidas, no entanto, podem ocorrer por uma condição inflamatória e, em alguns casos pode ser autoimune, em que o sistema imunológico produz anticorpos que atacam as células saudáveis do corpo.

Alguns fatores parecem contribuir para o desenvolvimento do reumatismo, como fatores genéticos, história familiar de reumatismo, infecções por vírus ou bactérias, doenças metabólicas ou desgaste em uma ou mais articulações.

Além disso, o reumatismo é mais comum em pessoas mais velhas e em mulheres, embora também possa ocorrer em crianças, jovens e em homens.

Como é feito o tratamento

O tratamento do reumatismo é feito pelo reumatologista e depende do tipo de doença, podendo ser indicado o uso de remédios analgésicos, anti-inflamatórios ou corticóides para o controle da dor e da inflamação, imunossupressores ou agentes biológicos, para controlar a doença.

Além disso, a fisioterapia é muito importante no tratamento do reumatismo e inclui o uso de aparelhos, bolsas quentes, exercícios, técnicas de mobilização articular e fortalecimento dos músculos, ajudando a aliviar a dor, prevenir deformidades das articulações ou membro afetado e a melhorar a movimentação no dia a dia da pessoa.

Outra recomendação importante para o tratamento do reumatismo, especialmente a artrite reumatóide, tendinite ou bursite, é fazer uma dieta anti-inflamatória incluindo alimentos, como atum, salmão, alho, frutas vermelhas e cítricas, vegetais verde-escuros ou açafrão, que além de diminuir a inflamação, ajudam a fortalecer o sistema imunológico. Saiba como fazer uma dieta anti-inflamatória.

Assista o vídeo com a nutricionista Tatiana Zanin com dicas sobre alimentos anti-inflamatórios:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • MOTTA, F.; SICA, A.; SELMI, C. Frailty in Rheumatic Diseases. Front Immunol. 11. 576134, 2020
  • LAMPA, J. Pain without inflammation in rheumatic diseases. Best Pract Res Clin Rheumatol. 33. 3; 101439, 2019
  • KUDRINA, I.; et al. Multidisciplinary treatment for rheumatic pain. Best Pract Res Clin Rheumatol. 29. 1; 156-63, 2015
  • OLÁH, C.; et al. Cognitive dysfunction in autoimmune rheumatic diseases. Arthritis Res Ther. 22. 1; 78, 2020
Mais sobre este assunto: