Exame anti-HBs: para que serve e como entender o resultado

O exame anti hbs é solicitado para verificar se a pessoa possui imunidade contra o vírus da hepatite B, seja ela adquirida por meio da vacinação ou através da cura da doença.

Esse exame é feito a partir da análise de uma pequena amostra de sangue em que é verificada na corrente sanguínea a quantidade de anticorpos contra o vírus da hepatite B. Normalmente o exame anti-hbs é solicitado juntamente com o exame HBsAg, que é o exame em que se verifica a presença do vírus no sangue, sendo, portanto, utilizado para diagnóstico.

Exame anti-HBs: para que serve e como entender o resultado

Para que serve

O exame anti hbs serve para avaliar a produção de anticorpos pelo organismo contra uma proteína presente na superfície do vírus da hepatite B, a HBsAg. Assim, por meio do exame anti-hbs o médico pode verificar se a pessoa foi imunizada ou não contra a hepatite B, por meio da vacinação, além de verificar se o tratamento é eficaz ou houve cura, quando o diagnóstico para a hepatite B foi confirmado.

Exame HBsAg

Enquanto que o exame anti-hbs é solicitado com o objetivo de verificar a imunidade e a resposta ao tratamento, o exame HBsAg é solicitado pelo médico para saber se a pessoa está infectada ou teve contato com o vírus da hepatite B. Ou seja, esse exame é solicitado para diagnosticar a hepatite B.

O HBsAg é uma proteína presente na superfície do vírus da hepatite B e é útil para diagnosticar a hepatite B aguda, recente ou crônica. Normalmente o exame HBsAg é solicitado juntamente com o exame anti-hbs, pois assim é possível verificar se o vírus está circulando na corrente sanguínea e se o organismo está atuando sobre ele. Quando a pessoa possui hepatite B, no laudo consta HBsAg reagente, sendo o resultado importante para o médico, pois assim é possível inciar o tratamento. Entenda como é feito o tratamento da hepatite B.

Como é feito

Para fazer o exame anti-hbs não é necessário qualquer tipo de preparo ou jejum e é feito a partir da coleta de uma pequena amostra de sangue, que é encaminhada para o laboratório para análise.

No laboratório, o sangue passa por um processo de análise sorológica, em que é verificada a presença de anticorpos específicos contra o vírus da hepatite B. Esses anticorpos são formados após entrar em contato com o vírus ou devido à vacinação, em que o organismo é estimulado a produzir esses anticorpos, conferindo imunidade para a pessoa para o resto da vida.

Saiba quando a vacina contra a hepatite B deve ser tomada.

Como entender os resultados

O resultado do exame anti-hbs varia de acordo com a concentração de anticorpos contra o vírus da hepatite B na corrente sanguínea, sendo os valores de referência:

  • Concentração de anti-hbs menor que 10 mUI/ mL - não reagente. Essa concentração de anticorpos não é suficiente para proteger contra a doença, sendo importante que a pessoa seja vacinada contra o vírus. No caso do diagnóstico da hepatite B já ter sido feito, essa concentração indica que não houve cura e que o tratamento não está sendo eficaz ou está em fase inicial;
  • Concentração de anti-hbs entre 10 mUI/ mL e 100 mUI/ mL - indeterminado ou satisfatório para vacinação. Essa concentração pode indicar que a pessoa foi vacinada contra o vírus da hepatite B ou que está em tratamento, não sendo possível determinar se houve cura da hepatite B. Nesses casos, é recomendado que o exame seja repetido após 1 mês;
  • Concentração de anti-hbs maior que 100 mUI/ mL - reagente. Essa concentração indica que a pessoa possui imunidade contra o vírus da hepatite B, seja por meio da vacinação ou através da cura da doença.

Além de avaliar o resultado do exame anti-hbs, o médico também analisa o resultado do exame HBsAg. Assim, quando se está fazendo acompanhamento de uma pessoa já diagnosticada com hepatite B, o resultado HBsAg não reagente e anti-hbs positivo indica que a pessoa está curada e que não há mais vírus circulantes no sangue. A pessoa que não possui hepatite B também apresenta os mesmos resultados e a concentração de anti-hbs superior a 100 mUI/ mL.

No caso de HBsAg e anti-hbs positivos, é indicado repetir o exame após 15 a 30 dias, pois pode indicar um resultado falso positivo, formação de complexos imunológicos (imunocomplexos) ou infecção por subtipos diferentes do vírus da hepatite B.

Esta informação foi útil?
Atualizado por Manuel Reis, Enfermeiro - em Julho de 2020. Revisão clínica por Marcela Lemos, Biomédica - em Novembro de 2018.
Mais sobre este assunto: